segunda-feira, 25 de julho de 2011

[Especial] Feliz Dia Nacional do Escritor


Hoje, 25 de Julho, é Dia Nacional do Escritor, e é claro que eles não poderiam ficar sem uma homenagem. Escritores são aqueles que produzem artigos científicos ou textos literários de diversos gêneros.

A data foi decretada oficialmente em 1960 por incentivo de João Peregrino Júnior e Jorge Amado ao realizarem o I Festival do Escritor Brasileiro.

A leitura é de suma importância para o desenvolvimento do raciocínio, aspecto crítico do leitor e além disso estimula a criatividade. Hoje dispomos de uma gama de possibilidades para acessar conteúdos literários, tantos livros em seu formato mais antigo quanto os e-books.

Então para aqueles que já se rederam à esse mundo fascinante e aqueles que ainda vão descobrir essa beleza, nosso muitíssimo obrigado aos nossos maravilhosos escritores que conseguem nos ensinar, fascinar, sonhar e acreditar.

Feliz Dia Nacional do Escritor!

Embalando o dia recorro a Caetano Veloso com a música "Livros", composta por ele e lançada no álbum "Livro" (1997).

"Mas os livros que em nossa vida entraram são como a radição de um corpo negro apontando pra a expansão do universo..."

Confira o clipe oficial:


"Livros"

Tropeçavas nos astros desastrada 
Quase não tínhamos livros em casa 
E a cidade não tinha livraria 
Mas os livros que em nossa vida entraram 
São como a radiação de um corpo negro 
Apontando pra a expansão do Universo 
Porque a frase, o conceito, o enredo, o verso 
(E, sem dúvida, sobretudo o verso) 
É o que pode lançar mundos no mundo.

Tropeçavas nos astros desastrada 
Sem saber que a ventura e a desventura 
Dessa estrada que vai do nada ao nada 
São livros e o luar contra a cultura.

Os livros são objetos transcendentes 
Mas podemos amá-los do amor táctil 
Que votamos aos maços de cigarro 
Domá-los, cultivá-los em aquários, 
Em estantes, gaiolas, em fogueiras 
Ou lançá-los pra fora das janelas 
(Talvez isso nos livre de lançarmo-nos) 
Ou ­ o que é muito pior ­ por odiarmo-los 
Podemos simplesmente escrever um:

Encher de vãs palavras muitas páginas 
E de mais confusão as prateleiras. 
Tropeçavas nos astros desastrada 
Mas pra mim foste a estrela entre as estrelas.

#ficadica Site Oficial
Marcela Oliveira Web Developer

Nenhum comentário: