[Poesia] Amantes - Joaquim Matos

Leave a Comment


Amantes

Intensa como meus desejos,
aproxima-se,
suave como a tarde, rodeia-me,
a brisa afasta os medos!

Minha pele disposta,
seus lábios prontos,
sou e somos tempo,
na eternidade do momento!

Dois corpos,
contorno perfeito,
somos um
na pluralidade do encontro!

Vivemos assim,
emprestados,
como fugitivos covardes,
procurando uma vida par!