segunda-feira, 8 de agosto de 2011

[Poesia] Meu Tom - Renata Fagundes



Meu Tom

Os dias me embrulham em sua correria, não me debato mais, aprendi a sentir minha paz.
Tô escrevendo samba, ouvindo Chico, embalada por Vinicius.
Conversando com as letras de Tom, descobri o tom que me toca. A vida lá fora segue frenética.
Mas aqui dentro "estou" mais bossa nova que carnaval.
Marcela Oliveira Web Developer

Nenhum comentário: